‘Conge’ ou ‘cônjuge’: uma questão de registro linguístico

Ministro Sérgio Moro pronuncia “conge” em vez “cônjuge” e chama a atenção nas redes sociais (Pedro Ladeira – Folhapress)

Na segunda (13), abordei aqui a forma como o ministro Sérgio Moro pronuncia a palavra “cônjuge” (“conge”), que a mim (e a muita gente) pareceu, à primeira vista, estranha, dado o grau de escolaridade dele. Tive a impressão de que o conhecimento da palavra e de sua família linguística pudesse contribuir para a escolha da […]

Leia Mais

O ‘conge’ e o ministro  

Ministro Sérgio Moro pronuncia “conge” em vez “cônjuge” e chama a atenção nas redes sociais (Pedro Ladeira – Folhapress)

  O governo tuiteiro não dá trégua à língua portuguesa, como temos visto. Há pouco tempo, até o dito “superministro” Sérgio Moro, que dispensa apresentações, contribuiu para o cenário desastroso com uma gafe linguística, mostrando que está bem à vontade entre seus pares. No lugar de “cônjuge”, disse em uma entrevista, repetidas vezes, “conge”, suprimindo […]

Leia Mais

‘Incitar’ é com ‘c’, ministro, mas por que mesmo?

Abraham Weintraub, ministro da Educação, desliza na ortografia (Pedro Ladeira -02.mai.19/Folhapress)

As gafes do atual ministro da Educação do governo Bolsonaro, um certo Abraham Weintraub, já foram tema de inúmeros comentários, e talvez os eleitores simpáticos ao governo tendam a achar exageradas as críticas. (Fosse apenas esse o pecado do titular da pasta, talvez bastasse dar-lhe um puxão de orelha e dizer que “não pega bem” […]

Leia Mais

Olimpíada de Língua Portuguesa mobiliza estudantes de todo o país

Alunos durante oficina de produção de textos – Olimpíada de Língua Portuguesa

Fazer que estudantes adquiram o pleno domínio da leitura e da escrita tem sido um grande desafio enfrentado pelos professores de língua portuguesa. Dados do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), coordenado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), ajudam a mapear a situação da aprendizagem. O objetivo dessa avaliação internacional, em […]

Leia Mais

O monstro da lagoa

A determinação de que estudantes cantassem o hino nacional todos os dias, encaminhada às escolas do país pelo ministro Vélez Rodrigues, não é o maior dos problemas da última gafe do Ministério da Educação, que, há menos de um mês, virou piada ao publicar em rede social uma vexatória mensagem em resposta a uma reportagem, […]

Leia Mais

Uma conversa (gramatical) sobre laranjas

O presidente Jair Bolsonaro, que demitiu o antigo braço direito Gustavo Bebianno (ao fundo) da Secretaria-Geral da Presidência – Adriano Machado – 2.jan.2019/Reuters

O termo “laranja” tem estado nas páginas da Folha nas últimas semanas em razão de uma série de reportagens que vêm descortinando um esquema, usado pelo PSL, para fazer uso fraudulento das verbas públicas do fundo partidário por meio de candidaturas de fachada. Como não poderia deixar de ser, a palavra em si despertou a […]

Leia Mais

Ortografia e educação

Há dez anos, entrava em vigor o Acordo Ortográfico de 1990. Isso mesmo: começou a valer quase 20 anos depois de sua criação. O mais os interessados no tema já sabem: muita controvérsia, alguma resistência e, finalmente, a compreensão de seu valor de instrumento de unificação ortográfica do português como meio de fortalecimento da língua […]

Leia Mais

O último Enem

Taba Benedicto/ Folhapress

Muito se comentaram algumas questões da prova de linguagens do último Enem – menos por sua qualidade pedagógica que por um suposto viés ideológico, hoje alvo das diatribes da equipe que vai integrar o futuro governo do país, à frente da qual se posiciona o próprio presidente eleito, que chamou para si a tarefa de […]

Leia Mais

Declarações não são bravatas

#ELENÃO

“Ai, bota aqui/ Ai, bota aqui o seu pezinho/ Seu pezinho bem juntinho com o meu/ E depois não vá dizer que você se arrependeu!” Não é novidade para ninguém que o candidato favorito ao cargo de presidente da República é pródigo em declarações ofensivas a mulheres, pessoas LGBT, negros, indígenas, pobres etc. Será que […]

Leia Mais

Dize-me (ou diz-me) com quem andas e te direi quem és

Os provérbios ou ditados populares, essas frases anônimas que exprimem uma espécie de verdade universal aplicável a grande variedade de situações, nunca saem de moda. Um dos mais populares é o célebre “Dize-me com quem andas e te direi quem és”, que, no entanto, aparece frequentemente adulterado para “Diga-me com quem andas e te direi […]

Leia Mais