Insulto: uma estratégia de quem não tem argumentos

Jair Bolsonaro conversa com jornalistas ao sair do Palácio da Alvorada. Antonio Cruz. Agência Brasil

As últimas semanas, em que o presidente da República nos brindou com declarações mais agressivas ainda que as de costume, registraram uma espécie de reação catártica nas redes sociais, traduzida em listas de adjetivos capazes de exprimir o sentimento de repúdio à grosseria, ao deboche, ao escárnio, à avacalhação. As pessoas entraram na brincadeira. O […]

Leia Mais

Uma conversa (gramatical) sobre laranjas

O presidente Jair Bolsonaro, que demitiu o antigo braço direito Gustavo Bebianno (ao fundo) da Secretaria-Geral da Presidência – Adriano Machado – 2.jan.2019/Reuters

O termo “laranja” tem estado nas páginas da Folha nas últimas semanas em razão de uma série de reportagens que vêm descortinando um esquema, usado pelo PSL, para fazer uso fraudulento das verbas públicas do fundo partidário por meio de candidaturas de fachada. Como não poderia deixar de ser, a palavra em si despertou a […]

Leia Mais

Declarações não são bravatas

#ELENÃO

“Ai, bota aqui/ Ai, bota aqui o seu pezinho/ Seu pezinho bem juntinho com o meu/ E depois não vá dizer que você se arrependeu!” Não é novidade para ninguém que o candidato favorito ao cargo de presidente da República é pródigo em declarações ofensivas a mulheres, pessoas LGBT, negros, indígenas, pobres etc. Será que […]

Leia Mais

O zero e a negação: “Estou zero preocupado com isso”

Observo com curiosidade como se disseminou uma prática linguística que, até pouco tempo atrás, era bissexta e, por isso mesmo, muito expressiva. Estou falando do uso da palavra “zero”, um numeral, no lugar de uma partícula de negação (pronome indefinido, advérbio ou preposição) ou do adjetivo “nulo”. Em vez de dizer que não estou preocupado […]

Leia Mais