O ‘conge’ e o ministro  

Ministro Sérgio Moro pronuncia “conge” em vez “cônjuge” e chama a atenção nas redes sociais (Pedro Ladeira – Folhapress)

  O governo tuiteiro não dá trégua à língua portuguesa, como temos visto. Há pouco tempo, até o dito “superministro” Sérgio Moro, que dispensa apresentações, contribuiu para o cenário desastroso com uma gafe linguística, mostrando que está bem à vontade entre seus pares. No lugar de “cônjuge”, disse em uma entrevista, repetidas vezes, “conge”, suprimindo […]

Leia Mais

‘Incitar’ é com ‘c’, ministro, mas por que mesmo?

Abraham Weintraub, ministro da Educação, desliza na ortografia (Pedro Ladeira -02.mai.19/Folhapress)

As gafes do atual ministro da Educação do governo Bolsonaro, um certo Abraham Weintraub, já foram tema de inúmeros comentários, e talvez os eleitores simpáticos ao governo tendam a achar exageradas as críticas. (Fosse apenas esse o pecado do titular da pasta, talvez bastasse dar-lhe um puxão de orelha e dizer que “não pega bem” […]

Leia Mais

“É lamentável pensar que a etimologia seja inútil”, diz prof. Mário E. Viaro

A ida do debate sobre o Acordo Ortográfico ao Senado, depois de implantado, reacendeu as discussões sobre  a ortografia no país. As críticas propriamente ditas, porém, têm sido poucas. O hífen de “co-herdeiro” e cognatos, eliminado pela ABL no Vocabulário brasileiro, parece coisa superada. Das célebres exceções (arco-da-velha, pé-de-meia, água-de-colônia, cor-de-rosa, mais-que-perfeito)  pouco já se […]

Leia Mais